Jump to content

R&BSerras

+Premium Members
  • Posts

    13
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by R&BSerras

  1. Almost good! It could have an option to choose day of the month over a period of years. For example: 14/02 from 2000 to 2020. This would help anyone who intends to complete the matrix found by hidden date.
  2. You need some old map filters, such as: -Hide placed by me -Of a particular player -From a county / state / country
  3. Hello Team Christiansen Have you thought about doing a Teamwork Cache International? If you want I'm available, I live in Brazil. Hugs
  4. III Joinville Geocaching
  5. Foi descontinuado Geocaching Classic app retirement Tente o Cachly Cachly
  6. Revisão: Hello R&BSerras, Thank you for submitting an EarthCache. Before I review your cache, I need you to provide placement permission: Base don the location of this EarthCache, you must have explicit permission from the official managers of this location to place this EarthCache. If you have already communicated with someone directly about this EarthCache, and they have provided permission for publishing it, please send your permission letter and/or the permission giver's name, title, and contact info. If you have not yet received permission, please contact the land managers and request permission to place this EarthCache here. If they are unfamiliar with this program, you may direct them to www.EarthCache.org. Please note: Caves are generally quite suitable as EarthCache subjects, but for us to publish an EarthCache at this cave, you must provide an excellent earth science lesson with local content and/or a unique logging tasks. A general write up on caves will not suffice. You will need to add site specific information to explain the geology that is unique to this cave. For example, just saying that this cave is composed of limestone, and limestone is dissolved by acidic water, and here are some stalactites, etc., would not be sufficient. Also, the focus must be clearly on geology (or paleontology); the focus cannot be on archaeology, history, culture, ecology, etc. It is strongly recommended that you provide interesting and educational geologic details that demonstrate what is scientifically special or unique about this cave. If you are unable to obtain site specific information, then the EarthCache would require a unique learning opportunity to set it apart from other cave EarthCaches. This means that your logging task would have to be something other than measuring the height/width/depth of the cave, counting the number of stalactites, etc. Cheers, Peter / GeoawareGBL / Global EarthCache Reviewer Não sou especialista em paleontologia nem nada que se pareça, as informações peguei na internet. Assim fica dificil dar a conhecer aos demais geocachers as belezas naturais do mundo. Neste caso a visita é guiada e a "aula" é dada lá, saber tudo pela internet nem vale a pena ir lá. Com as tradicionais a coisa vai mas a exigência com as Earthcaches é absurda. Não existe nenhum objeto colocado lá, é um parque aberto a todos Boas cachadas
  7. Grutas de Botuverá A cache by R&BSerras Hidden: 04/Jan/2013 Difficulty: Terrain: Size: (not chosen) 0 Favorites S 27° 13.467 W 049° 09.693 UTM: 22J E 682056 N 6987367 Other Conversions In Santa Catarina, Brazil S 35.3 km from your home location Print: No Logs 5 Logs 10 Logs · Driving Directions Download: Read about waypoint downloads | | | Please note Use of geocaching.com services is subject to the terms and conditions in our disclaimer. PT O Parque das Grutas A partir de 1998, a Prefeitura Municipal de Botuverá, com o apoio do Fundo Nacional do Meio Ambiente (Ministério do Meio Ambiente) e assessorada pelo Grupo de Estudos Espeleológicos Açungui (instituição voltada à proteção de cavidades naturais), iniciou os diversos estudos para a elaboração e implantação do Plano de manejo do patrimônio Espeleológico. Os estudos definiram as medidas necessárias para oferecer à população uma opção turística de qualidade, na qual a principal preocupação é a proteção do ambiente cavernícola. A galeria de estalactites é a última das posições que pode ser alcançada e se estende horizontalmente através de um túnel de 130 metros, a partir do Salão dos Altares em linha reta, praticamente sem comunicações, em amplo espaço lateral e vertical. Em toda a sua extensão a caverna é povoada por estalactites e estalagmites. A parte da caverna mais adornada e mais interessante é a sua porção central, mais ampla, entre a posição do órgão e a entrada da galeria das estalactites, onde se acham esculpidas as mais variadas formas e estruturas calcíticas e onde salões oferecem a maior facilidade de intercomunicação. Podem-se atingir vários anfiteatros com toda a facilidade de acessos. OBS: Atualmente algumas áreas da caverna estão com a visitação restrita, tendo vista a determinação do plano de manejo do Parque, com a finalidade única e exclusiva de não prejudicar as formações e a diversidade biológica. A Caverna A Gruta de Botuverá situa-se no município de mesmo nome, a cerca de 30 Km de Brusque, em Santa Catarina, mais precisamente na localidade de Ourinhos. Possui aproximadamente 1.200 metros de extensão. É composta por uma grande variedade de espeleotemas (esculturas feitas pela água) tais como travertinos, cortinas, couve-flor, chão de estrelas, fendas, vielas, estalactites, estalagmites e passagens distribuídas em labirintos e salões. Constitui um conjunto inigualável e eternizando por pingos de água que gotejam continuamente do teto a centenas e milhares de anos. Em virtude de sua beleza e porte, é considerada a maior e mais ornamentada gruta do Sul do Brasil, sendo visitada há mais de vinte anos. A caverna apresenta inúmeros salões que alcançam até 20 metros de altura, povoados por figuras, colunas e calcita escorrida entre outras formas. Possui uma única entrada conhecida e o início do seu desenvolvimento se dá em piso de argila com bloco calcário. A partir dos primeiros 50 metros é que se vislumbram com satisfação os amplos salões que a compõem. O primeiro deles expõe a sua entrada à sua esquerda a figura de uma coluna com 2 a 3 metros de diâmetro. Segue-se através do piso com aspecto de corrimento calcítico até chegar-se ao seu espaço mais amplo onde se observa uma parede com colunas de 10 a 15 cm de diâmetro de estalactites e estalagmites compondo uma figura em muito semelhante a um belo órgão de tubos. A partir da posição do órgão de tubos a gruta oferece três direções, uma á direita que conduz ao Salão das Orquídeas, povoado por belas flores de aragonita, uma central conduz a um pequeno lago hoje quase seco e a terceira à esquerda que oferece o acesso ao restante da caverna. Esse acesso permite se alcançar os salões da Galeria do Presépio, dos Altares, dos Candelabros, do Púlpito e da Pequena Imagem onde são ressaltadas formas belas e interessantes. Os salões mencionados concentram a maior parte das galerias e diversificação de formas como pode ser visto. Além das formas que dão origem aos nomes dos salões, compõe o cenário de beleza, formas não menos interessantes como elevados em piso de escorrimento calcítico, travertinos, sílica em box-works, velas, jacaré e colunas. Estes salões possuem comunicação entre si, ressaltando em sua passagem formas ímpares topográficas como uma bela imagem lembrando uma galeria, formas cumênicas se assemelhando a um presépio, a altares, a candelabros com suas velas, a púlpito e pequenas imagens, caprichosamente esculpidas pela natureza através dos séculos. . GEOLOGIA A cavidade foi formada através da dissolução de rochas carboníferas do período Pré-cambriano, há pelo menos 65 milhões de anos, e caracterizam-se por possuir galerias e amplos salões ornamentados com estalactites, estalagmites, colunas e outras formações. · Estalactite Estalactites são formações rochosas sedimentares que se originam no teto de uma gruta ou caverna, crescendo para baixo, em direção ao chão da gruta ou caverna, pela deposição (precipitação) de carbonato de cálcio arrastado pela água que goteja do teto. Apresentam frequentemente uma forma tubular ou cónica. · Estalagmite Estalagmites são formações que crescem a partir do chão de uma gruta ou caverna que vão em direção ao teto, formadas pela deposição (precipitação) de carbonato de cálcio arrastado pela água que goteja do teto. · Formação das estalactites e estalagmites Podemos remeter as palavras estalactite e estalagmite à palavra grega "stalassein", que significa "pingar". Ela se encaixa, pois descreve a forma como as duas são formadas na natureza. Embora pareçam naturais e um pouco assustadoras, as estalactites e estalagmites crescem simplesmente em decorrência da água que passa sobre o material inorgânico e através dele. Estalagmites de cerca de 200 anos de formação As cavernas de calcário, onde a maior parte das estalactites e estalagmites é encontrada, são compostas principalmente de calcita, um mineral comum encontrado nas rochas sedimentares. Estalactite (acima) em contato com estalagmites (abaixo), formando colunas As moléculas de calcita são constituídas de cálcio e íons carbonato e são chamadas de CaCO3, ou carbonato de cálcio. Quando a água da chuva cai sobre uma caverna e escorre pelas rochas, ela carrega o dióxido de carbono e os minerais do calcário. Ca (HCO3)2 é conhecido como bicarbonato de cálcio e a água carrega a substância, basicamente calcita dissolvida, através das fendas do teto de uma caverna. Entretanto, uma vez que a água entra em contato com o ar dentro da caverna, parte do bicarbonato de cálcio se transforma em carbonato de cálcio e a calcita começa a se formar ao redor da fenda. À medida que a água continua pingando, o comprimento e a espessura da calcita aumentam, surgindo, finalmente, uma estalactite no teto. A formação das estalactites pode levar muito tempo - geralmente, crescem em torno de 6 mm e 25 mm por século. Estalactite (acima) em contato com estalagmites (abaixo), formando colunas Evidentemente, as estalagmites não surgem simplesmente do chão. A água que pinga da ponta de uma estalactite cai no chão de uma caverna e deposita mais calcita em um monte. Logo, surgirá uma estalagmite semelhante à forma de um cone. É por esse motivo que você geralmente encontra estalactites e estalagmites em pares e, às vezes, elas crescerão juntas para formar uma grande coluna. Existem muitas cavernas de calcário no mundo, famosas por suas exibições de gotejamento, como as cavernas Carlsbad (no Novo México), as cavernas Timpanogos (em Utá), a caverna Mammoth (em Kentucky), e as cavernas Jenolan e Buchan (na Austrália). Existem alguns truques clássicos para diferenciar as estalactites das estalagmites. •As estalactites se prendem "firmes" ao topo da caverna. •Estalactite possui um "t", como em "topo". •Estalactite possui um "c", como em "cobertura". •Estalagmite possui um "g", como em "grama", que fica no chão. FAUNA A diversidade biológica nesta gruta é considerada alta para uma cavidade sem curso d’água no Brasil. Nela foram registradas 7 espécies de morcegos e mais 35 espécies de invertebrados. Sob este aspecto, destaca-se no contexto espeleológico nacional pela ocorrência de 6 espécies endêmicas (exclusivas do local) e altamente especializadas de invertebrados. Apenas dez cavernas brasileiras possuem um número tão expressivo de troglóbios (espécies de vida restrita às cavernas). INFRA-ESTRUTURA O Parque das Grutas de Botuverá possui uma completa infraestrutura para o turista, ou para quem quiser passar momentos agradáveis em contato com a natureza. INFORMAÇÕES IMPORTANTES Horário de visitação: 8h às 17h horas (primavera e verão) 8h às 16h (outono e inverno) De Terça a Domingo (Segunda-feira: fechado para manutenção) Restaurante / Lanchonete: O restaurante e lanchonete do parque atende nos mesmos dias e horários de visitação do Parque. Para almoçar é necessário fazer reserva através do telefone. Excursões devem ser agendadas pelo telefone (47) 3359-1100 Fluxo de visitantes: - Grupos de 15 pessoas: período de percurso de 45 minutos - Capacidade diária de 13 grupos totalizando 195 pessoas/dia NORMAS DE SEGURANÇA E VISITAÇÃO Para a segurança dos visitantes e a proteção da caverna, algumas normas para a visitação da gruta devem ser obedecidas: · Utilize tênis, preferencialmente com solado antiderrapante (não será permitida a entrada sem este ítem) · É proibido filmar e bater fotos dentro das cavernas · É proibido a entrada nas cavernas com crianças de colo (menores de 4 anos) · É proibido o acesso ao parque com animais domésticos · Entre na gruta somente acompanhado pelo condutor de visitantes (guia) · Mantenha as mãos livres · Utilize somente o caminho definido · Utilize capacete, garantindo sua segurança · Não toque, colete ou sente nas formações da caverna · Não entre na caverna com bebidas ou alimentos · Não fume no interior da caverna · Não perturbe ou colete espécies da fauna cavernícola · Não se apóie nas formações da caverna Fonte: Prefeitura Municipal de Botuverá **Para fazer o Log: -Como não é permitido filmar e fotografar basta colocar uma foto sua na entrada da gruta com o GPS na mão. EN The Park of the Caves Since 1998, the Municipality of Botuverá, with support from the National Fund for the Environment (Ministry of Environment) and assisted by the Study Group Speleological Açungui (institution devoted to the protection of natural cavities), several studies began to development and implementation of the management plan Speleological heritage. Studies have defined the necessary steps to offer the people a choice of quality tourism in which the main concern is the protection of the cave environment. The gallery of stalactites is the last of positions that can be reached and extends horizontally through a tunnel 130 meters from the Hall of Altars straight, virtually no communications, ample lateral and vertical. Throughout its length the cave is populated by stalactites and stalagmites. A part of the cave adorned more and more interesting is its central portion, wider, between the position of the body and the entrance gallery of stalactites, where they are carved the most varied forms and structures where calcite and salons offer the greatest ease of intercommunication . One can achieve various amphitheaters with ease of access. NOTE: Currently the cave are some areas with restricted visitation, with a view to determining the management plan for the park, with the sole and exclusive purpose of not harming the formations and biological diversity. The Cave The Grotto Botuverá is located in the municipality of the same name, about 30 km from Brusque, Santa Catarina, more precisely in the town of Ourimbah. It has approximately 1,200 meters long. It comprises a wide variety of speleothems (sculptures made by water) such as travertine, curtains, cauliflower, ground star cracks, alleys, stalactites, stalagmites and passages distributed in labyrinths and salons. It is an unmatched set and eternalizing by dripping water continuously dripping from the ceiling to hundreds and thousands of years. Because of its size and beauty, is considered the largest and most ornate cave in southern Brazil, is visited for over twenty years. The cave has many halls that reach up to 20 feet tall, populated by figures, columns and other forms of calcite drained. It has a single entrance known and the beginning of its development occurs in clay floor with limestone block. From the first 50 meters is to be glimpsed with satisfaction the large halls that comprise it. The first sets out his entry on the left the figure of a column with 2 to 3 feet in diameter. Follows up through the floor looking like runny calcitic until it comes to its larger space where we observe a wall with columns of 10 to 15 cm in diameter with stalactites and stalagmites in composing a figure very similar to a beautiful pipe organ . From the position of the pipe organ in the cave offers three directions, one to the right that leads to the Hall of Orchids, populated by beautiful flowers of aragonite, a central leads to a small lake almost dry now and the third left which offers access to rest of the cave. This allows access to reach the halls of the gallery's Crib, Altars, the chandeliers, the pulpit and the Little Picture forms are highlighted where beautiful and interesting. The halls mentioned concentrate most of the galleries and diversification of forms as seen. In addition to the forms that give rise to the names of the salons, make up the scenic beauty, forms no less interesting as flooring in high runoff calcitic, travertine, silica-box works, candles, alligator and columns. These halls have communication with each other, underscoring its passage in odd shapes like a topographical image resembling a beautiful gallery, cumênicas forms resembling a nativity scene, the altar, the candelabras with their candles, a pulpit and small images, whimsically sculpted by nature through the centuries. GEOLOGY The cavity was formed by dissolving Carboniferous rocks of Precambrian period, at least 65 million years, and are characterized by having wide halls and galleries decorated with stalactites, stalagmites, columns and other formations. Stalactite Stalactites are sedimentary rock formations that originate in the ceiling of a cave or cavern, growing down, toward the floor of the grotto or cave, by deposition (precipitation) of calcium carbonate dragged by water dripping from the ceiling. Often have a tubular shape or conical. Stalagmite Stalagmites are formations that grow from the floor of a cave or cavern that go toward the ceiling, formed by deposition (precipitation) of calcium carbonate dragged by water dripping from the ceiling. Formation of stalactites and stalagmites We refer the words stalactite and stalagmite the Greek word "stalassein" which means "ping". It fits because it describes how the two are formed in nature. Although they look natural and a little scary, the stalactites and stalagmites grow simply as a result of water passing over and through inorganic material. Stalagmites of about 200 years of training The limestone caves, where most of the stalactites and stalagmites are found, are mainly composed of calcite, a common mineral found in sedimentary rocks. Stalactite (above) in contact with stalagmites (below), forming columns The molecules consist of calcite and calcium carbonate and ions are referred to as CaCO3, or calcium carbonate. When rainwater falls on a cave and drips down the rocks, she carries carbon dioxide and minerals from limestone. Ca (HCO3) 2 is known as calcium bicarbonate and water carries the substance basically dissolved calcite, through the cracks of the ceiling of a cave. However, once the water comes into contact with air inside the cavern, part of the calcium bicarbonate is transformed into calcite and calcium carbonate begins to form around the slit. As the water keeps dripping, length and thickness of the calcite increases, emerging finally a stalactite ceiling. The formation of stalactites can take a long time - usually grow around 6 mm and 25 mm per century. Stalactite (above) in contact with stalagmites (below), forming columns Evidently, the stalagmites not arise simply from the ground. The water that drips from the tip of a stalactite falls on the floor of a cave and deposit more calcite on a hill. Therefore, a stalagmite appear similar to the shape of a cone. That's why you usually see stalactites and stalagmites in pairs and sometimes they grow together to form a large column. There are many limestone caves in the world, famous for its views drip, such as Carlsbad Caverns (New Mexico), the caves Timpanogos (Utah), the Mammoth cave (in Kentucky), and the Jenolan caves and Buchan (Australia ). There are some tricks to differentiate the classic stalactites from stalagmites. • The stalactites cling "firm" to the top of the cave. • Stalactite has a "t" as in "top". • Stalactite has a "c" as in "coverage." • Stalagmite has a "g" as in "grass", which is on the ground. FAUNA Biological diversity in this cave is considered high for a cavity without water course in Brazil. In it were recorded 7 species of bats and more than 35 species of invertebrates. In this regard, there is the context for the national speleological occurrence of 6 species endemic (unique site) and highly specialized invertebrates. Only ten Brazilian caves have such a significant number of troglobitic (living species restricted to caves). INFRASTRUCTURE The Park of the Caves Botuverá has a complete infrastructure for tourists, or anyone wishing to spend a pleasant time in contact with nature. IMPORTANT INFORMATION Visiting hours: 8h to 17h hours (spring and summer) 8h to 16h (fall and winter) Tuesday to Sunday (Monday: closed for maintenance) Restaurant / Cafeteria: The restaurant and snack Park meets on the same days and times of visiting the Park. For lunch reservations are required by phone. Tours must be scheduled by phone (47) 3359-1100 Flow of visitors: - Groups of 15 persons: time course of 45 minutes - Daily capacity of 13 groups totaling 195 people / day SAFETY AND VISITATION For the safety of visitors and protection of the cave, some rules for the visitation of the cave must be obeyed: · Use shoes, preferably with non-skid soles (will not be permitted entry without this item) · It is forbidden to film and take pictures inside the caves · It is forbidden to enter the caves with infants (under 4 years) · It is prohibited to access the park with pets · Enter the cave accompanied only by the driver of visitors (guide) · Keep your hands free · Use only the path set · Use helmet, ensuring their safety · Do not touch, feel or vest in cave formations · Do not enter the cave with food or drinks · Do not smoke inside the cave · Do not disturb or collect species of cave fauna · Do not stand in cave formations Source: City of Botuverá ** To Log: How is not allowed to film and photograph just put a picture of you at the entrance of the cave with the GPS in hand. Additional Hints (No hints available.)
  8. Próximo ano vamos mudar este Rank. Vou aumentar SC!!
  9. Tá dificil. Todos com quem falo acham bobiça!! Brasileiro gosta mais de futebol.
  10. Nome: RoseBrunoSerras Cidade: Blumenau Estado:SC Email: bserras@hotmail.com
  11. Parque Zoobotanico Joinville http://www.geocaching.com/seek/cache_details.aspx?guid=6b7c51b6-7a6c-4330-b07d-49bbfa757a77
×
×
  • Create New...