Jump to content

Geocachers "Fora-da-Lei"


prodrive
Followers 0

Recommended Posts

Tenho tido conhecimento de um número crescente de pessoas que pratica Geocaching (uns de forma mais esporádica e outros mais assídua) mas que deixou de fazer os logs on-line.

 

Inclusivamente volta e meia faço Geocaching com um deles (não com a assiduidade que gostaria, mas enfim) que eventualmente já tem quase tantas caches encontradas como eu, mas a sua conta on-line apenas contabiliza as escassas centenas que logou no início da sua actividade.

 

O prazer do Geocaching e do companheirismo continua inalterado, mas a vontade/disponibilidade de fazer os logs on-line desapareceu. Por vezes nem sequer o log-book físico da cache encontrada é assinado.

 

Para além deste caso que conheço perfeitamente, tenho-me cruzado com alguns Geocachers que têm o mesmo procedimento, e já por mais do que uma vez vi logs feitos nos log-books das caches cujos logs on-line nunca chegam a aparecer, alguns inclusivamente de FTF.

 

As motivações para este comportamento são as mais variadas e cada um terá as suas, mas visto friamente as coisas só traz vantagens, e aponto algumas:

 

1 - Não têm que dizer mal da cache quando esta é verdadeiramente menos boa;

 

2 - Não têm que ser hipócritas quando a cache é verdadeiramente menos boa e não lhes está a apetecer ter que levar com retaliações do owner;

 

3 - Não têm que aturar os julgamentos de terceiros sobre a discordância de opinião quando escreveram que gostaram da cache e outros acham que é má, ou disseram que gostaram menos quando outros a acham fenomenal;

 

4 - Não têm que levar com os frustrados, especialistas em "Geocaching de bancada" que não levantam o cú gordo e preguiçoso da cadeira, mas estão sempre prontos a apontarem o dedo com a acusação de que "só cá andam pelos números";

 

5 - Não correm o risco de serem olhados com desconfiança por não terem tomado as devidas precauções em relação aos muggles quando a cache desapareceu e o seu log on-line era o último;

 

6 - Não correm o risco de serem julgados e apedrejados na praça pública porque pisaram a relva ou as florzinhas do canteiro onde o owner inteligentemente escondeu a cache, ou porque danificaram o muro de pedra onde o owner escondeu a cache, apesar dos apelos do owner para não o fazer, embora para encontrar a cache que nem hint tinha, tivessem que o fazer, etc., etc..

 

Será que a moda pega?

Link to comment

Não acho que pegue.

 

Algumas pessoas aguardam a melhor altura para fazerem os logs.

 

Os julgamentos em praça pública são geralmente determinados por má conduta e não por más caches.

Como gosto de acompanhar os dois fórums penso que alguns dos comentários, se bem que não sejam directos, se apliquem à minha pessoa e à minha tomada de posição de que é manifestamente má educação criticar gratuitamente caches só porque existe azia com os owners. Ou deixar caches espalhadas só porque sim...

 

Depois há as pessoas que desmotivam pura e simplesmente porque existem pessoas que apesar de não levantarem o cú gordo da cadeira, e falarem da bancada, quando descem ao terreno vão fazer as caches passando por todos os seus pontos, tentando resolver o que lhes pedem já que o owner teve esse trabalho. Há os que têm o cú magro e passam algum do tempo que deveriam estar em "formação" a ampliar listas de excell com coordenadas de caches multi e mistério e depois arrogam ainda a possibilidade de estarem correctos e poderem apontar o dedo aos outros.

 

Eu também conheço pessoas que não fazem logo os logs, mas no geral quando o fazem, no minimo agradecem a cache pois foram até lá procurar o container. Independentemente de ser mau. E na maioria das vezes até há algumas pessoas que dão sugestões de melhoria.

 

Se tão boa articulação de ideias fosse aproveitada para dar opiniões concretas de melhoria penso que se poderia aprender muito do que é geocaching.

 

Cá está a manifestação livre da minha ideia, em respeito total pelas dos outros como manda a etiqueta.

 

Editei só para dizer uma coisa que acho muito pertinente: quando eu entrei em 2005... não havia problemas destes... se analisarmos bem eles só começam a acontecer de há cerca de dois anos para cá... será do guaraná?

Edited by papaleguas
Link to comment

Alerta 6 - Pandemia!!!!

 

Agora "on-Topic":

 

Conheço alguns geocachers que são "Fora-da-Lei". Gostam de geocaching pelo companheirismo e são incapazes de andar ao plástico sozinhos. Conheço alguns que gostam de andar atrás do plástico, mas que a parte burocrática da coisa lhes faz alguma confusão, ou por não ter paciencia ou arte e engenho para uma boa descrição. Conheço até um que gostou de ficar numa capicua e agora faz geocaching de vez em quando mas não loga para não estragar o número bonito!! :( Para estes o Geocaching é Turismo!

 

No meu caso particular apesar de não gostar de cachar sozinho, e de preferir uma boa caçada em grupo "restrito", gosto de encarar o geocaching como um desporto, pelo que a parte competitiva da coisa também me agrada. Sim, gosto de números, mas não é para fazer mais que este ou que aquele, e faço-o à minha maneira ou à maneira do grupo onde me insiro, directamente ao ponto final, sem resolver o enigma e sem contar o número de candeeiros de uma ponte, quando possivel. É o meu geocaching, deixem-no para mim! Gosto de atingir milestones, é uma boa desculpa para reunir meia dúzia de macacos e ir-mos a uma cache especial com bolo e champagne (espumante no caso que cá a malta é tipo salário minimo). Gosto quando de dizer que estou em tal sitio e passados x minutos aparece uma cambada para jantar e cachar allnightlong! Porra, como é que eu não havia de gostar de geocaching ??

 

Em suma, e para não parecer o outro dos testamentos, acho que cada um deve fazer GC à sua maneira, respeitando os outros, e se não gostar deixar na beira do prato. Claro que se aparecer uma cache má não vou deixar de logar, dizendo o que realmente me vai no pensamento, hipocrisia já chega no trabalho

Link to comment

(...)

No meu caso particular apesar de não gostar de cachar sozinho, e de preferir uma boa caçada em grupo "restrito", gosto de encarar o geocaching como um desporto, pelo que a parte competitiva da coisa também me agrada. Sim, gosto de números, mas não é para fazer mais que este ou que aquele, e faço-o à minha maneira ou à maneira do grupo onde me insiro, directamente ao ponto final, sem resolver o enigma e sem contar o número de candeeiros de uma ponte, quando possivel. É o meu geocaching, deixem-no para mim! Gosto de atingir milestones, é uma boa desculpa para reunir meia dúzia de macacos e ir-mos a uma cache especial com bolo e champagne (espumante no caso que cá a malta é tipo salário minimo). Gosto quando de dizer que estou em tal sitio e passados x minutos aparece uma cambada para jantar e cachar allnightlong! Porra, como é que eu não havia de gostar de geocaching ??

 

Em suma, e para não parecer o outro dos testamentos, acho que cada um deve fazer GC à sua maneira, respeitando os outros, e se não gostar deixar na beira do prato. Claro que se aparecer uma cache má não vou deixar de logar, dizendo o que realmente me vai no pensamento, hipocrisia já chega no trabalho

 

Ah grande Paulo! Quem fala assim não é gago, não senhor!

É isso tudo, assino por baixo e rubrico por cima!

 

Um abraço e a ver se nos encontramos aí no Porto mais para o fim do mês. :(

Link to comment

(...)

Em suma, e para não parecer o outro dos testamentos, acho que cada um deve fazer GC à sua maneira, respeitando os outros, e se não gostar deixar na beira do prato. Claro que se aparecer uma cache má não vou deixar de logar, dizendo o que realmente me vai no pensamento, hipocrisia já chega no trabalho

 

 

Exactamente!

 

E isso é o que tem sempre sido dito... Agora andar a fazer porcaria e de dedo apontado aos outros só porque não fazem igual... é no minimo estranho.

Só que quando se diz isso vê logo as conversas dos treinadores de bancada e pessoal que faz só x ou y caches a opinar... ou o fórum a ou b diz isto ou aquilo...

 

O que incomoda não é as pessoas fazerem batota (isso é com cada um)... é fazerem batota e depois ainda terem a cara de pau em vir aqui para os fórums criticar os outros que não fazem ou dar lições de moral.

 

Repito... há dois anos já cá andava muita gente e nada disto acontecia... Agora pensem por voces prórios porque é que algumas pessoas não logam caches... alguns não gostam de mim outros não gostam do manel, outros do António e outros não gostam de ninguém e pelo que leio nem de si próprios :( So what? Não logam mas vão lá à mesma ... excelente. E agora? querem criar regras próprias.. façam um site à parte do geocaching e nivelem logo desde cedo o tipo de intervenções que querem ouvir e os tipos de rituais que querem que as pessoas tenhma ... já têm até um candidato a lider.

Link to comment

Ao ler o título deste tópico, pensei tratar-se de outro tema... até porque não considero cachar sem fazer os logs online, como estando fora-da-lei.

Não obstante, também tenho um colega de trabalho que usa esse comportamento... já lhe fiz saber a minha opinião.

 

Não acho que só tenha aspectos positivos.

 

Um dos negativos seria o de fomentar a desmotivação dos owners... no caso de terem uma cache sem qualquer log online (no limite, se toda a comunidade deixasse de os fazer).

 

Os logs ajudam-nos a melhorar... a melhorar como cachamos e como colocamos novas caches.

 

Regressámos de uma espectacular cachada ao Cântaro Gordo... vamos imaginar que ninguém faria logs online... como é que o owner desta cache teria feedback sobre o seu estado?

Se a cache necessitasse de manutenção ou de reposição? Era suposto ir lá acima todas as semanas?... Uma vez por mês?

 

Outro aspecto negativo, os trackables.

Será que quem assim cacha, se coibe de tocar nos trackables?... Duvido.

 

Mas sim... aceito que tenha mais aspectos positivos do que negativos.

 

Paulo, you rule!!

Edited by ruidealmeida
Link to comment

Não vou fundamentar o que escreverei de seguida, porque não me apetece pensar e perder tempo com isto, mas a primeira impressão que tenho relativamente a esta atitude é que são pessoas chaladinhas. É o mesmo que ter sexo sem orgasmo, comprar um kebab sem carne, ter um carro sem rodas e por ai em diante. Tresanda a fundamentalismo e a ânsia de ser diferente a todo o custo, nem que seja para si próprio. A subverter a ordem das coisas, a desrespeitar os owners e os Geocachers verdadeiros. Os primeiros porque são privados de feedback e/ou reconhecimento; os segundos, de informação referente a caches que se preparam para fazer.

 

Contudo, por mim, até acho bem que tenham deixado de fazer logs online e/ou no logbook. É da forma que me posso esquecer da existência de tais amélias, tal flores de estufa, que amuam por isto e por aquilo.

Edited by Torgut
Link to comment

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Followers 0
×
×
  • Create New...